3 especificações técnicas importantes para a sua loja de compressores

23/10/2020 | Outros
loja de compressores

Para quem trabalha em uma loja de compressores, é preciso ir um pouco além quando o assunto são as especificações técnicas dos equipamentos. Afinal, é comum que os clientes tenham dúvidas e é dever do lojista mantê-los o mais informados possível. 

Por isso, hoje trouxemos algumas das diferenças técnicas mais importantes que você deve saber quando o assunto são compressores de ar. Boa leitura!

1. Sua loja de compressores precisa saber a diferença entre motores

A potência dos motores é importante. É por meio dela, inclusive, que podemos direcionar os compressores mais indicados para cada tipo de intensidade e aplicação, pauta comum em qualquer loja de compressores. 

É importante entender que a potência dos motores varia de acordo com a vazão dos compressores. Normalmente, compressores de 10 PCM, por exemplo, utilizam motor de 2HP, enquanto compressores de 15 PCM usam motor de 3HP e compressores de 20 PCM são equipados com motor de 5HP. 

Quanto maior o deslocamento de ar teórico, isto é, o número de PCM do compressor, maior deve ser a potência do motor para fazer com que o equipamento funcione.

Outro ponto importante são os fatores de proteção IP21 e IP55 dos motores de compressores. 

Os motores com proteção IP21 são utilizados por aproximadamente 40% da indústria, principalmente em compressores menores. Nesse caso, fornece proteção contra objetos sólidos maiores que 12,5mm de diâmetro e respingos de água na vertical. 

Já o fator de proteção IP55, que também é indicado para indústrias, é utilizado em compressores maiores e mais robustos e protege contra poeiras e jatos de água não muito potentes. 

2. O que são compressores de “versão base”?

Essa também é uma pergunta essencial para a sua loja de compressores. 

Os compressores “versão base” são aqueles que não possuem reservatório. Dessa forma, a compressão do ar acontece sempre que o equipamento está ligado, já que não há espaço de armazenamento para o ar comprimido. 

3. Compressores com reservatórios comuns X reservatórios com secadores

Os compressores que possuem reservatórios conseguem armazenar o ar comprimido para que seja utilizado mais tarde. Ou seja, a unidade compressora comprime o ar, que vai para o reservatório e fica armazenado até que alguma demanda surja. Isso faz com que o compressor não funcione a todo momento, economizando energia elétrica.

Os compressores com reservatório e secador possuem características semelhantes, com a diferença da retirada total de umidade do ar comprimido, tornado-o mais puro. Esse é um ponto importante, já que evita que a umidade prejudique ferramentas ou cause danos em processos, principalmente dentro da indústria

As melhores dicas para a sua loja de compressores você encontra na Pressure!

Gostou das diferenças e especificações que falamos aqui hoje? Então fique atento ao nosso blog e às nossas redes. Estamos sempre compartilhando dicas que com certeza serão úteis para você que é lojista! 

Compartilhe: